Para o professor

Aquele que é mestre na arte de viver

faz pouca distinção
entre o seu trabalho e o seu tempo livre,
entre a sua mente e o seu corpo,
entre a sua educação e a sua recreação,
entre seu amor e a sua religião.
Distingue uma coisa da outra com dificuldade.
Almeja, simplesmente, a excelência
em qualquer coisa que faça,
deixando aos demais a tarefa de decidir
se está trabalhando ou se divertindo.
Ele acredita que está sempre fazendo
as duas coisas ao mesmo tempo.

Domenico de Masi


"Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino".
(Paulo Freire )

domingo, 23 de agosto de 2009

Dia dos Pais



Porta trecos
Confecção de porta canetas utilizando rolinho de papel higiênico, papelão (base), canudinhos, fita, cola e tesoura.
As crianças cortam o canudinho e colam no rolinho, depois fazem o mesmo num pedaço de papelão que vai servir de base.
Depois de seco a professora cola o rolinho na base com cola quente.
As crianças gostam muito de realizam esta atividade.
Bolsinha para colocar o porta treco
Caixa de papelão (leite ou outra que prefererir), tempêra, pincel.
As crianças pintam a caixa, depois fura-se com um furador e passa as fitas para serem as alças.
Fica muito bonito!!


ursinhos

sábado, 22 de agosto de 2009

Folclore - Personagens Encantados

Esse ano trabalhei com esse livro o Folclore. Foi um trabalho maravilhoso. O livro é todo ilustrado com materiais diversos como barbante, lantejoulas, recortes de revistas e outros. Foi encantador, todos adoraram, tanto eu como as minhas alunas! Foi escrito e ilustrado por Ingrid B. Bellinghausen!! Confiram!!






O que é Folclore


Podemos definir o folclore como um conjunto de mitos e lendas que as pessoas passam de geração para geração. Muitos nascem da pura imaginação das pessoas, principalmente dos moradores das regiões do interior do Brasil. Muitas destas histórias foram criadas para passar mensagens importantes ou apenas para assustar as pessoas. O folclore pode ser dividido em lendas e mitos. Muitos deles deram origem à festas populares, que ocorrem pelos quatro cantos do país.




As Parlendas


As parlendas são versinhos com temática infantil que são recitados em brincadeiras de crianças. Possuem uma rima fácil e, por isso, são populares entre as crianças. Muitas parlendas são usadas em jogos para melhorar o relacionamento entre os participantes ou apenas por diversão. Muitas parlendas são antigas e, algunas delas, foram criadas, há décadas. Elas fazem parte do folclore brasileiro, pois representam uma importante tradição cultural do nosso povo.



Alguns exemplos de parlendas:




Um, dois, feijão com arroz.

Três, quatro, feijão no prato.

Cinco, seis, chegou minha vez

Sete, oito, comer biscoito

Nove, dez, comer pastéis.


Serra, serra, serrador! Serra o papo do vovô! Quantas tábuas já serrou?

Um elefante amola muita gente...
Dois elefantes... amola, amola muita gente...
Três elefantes... amola, amola, amola muita gente...
Quatro elefantes amola, amola, amola, amola muito mais...




Fonte - YAHOO





ursinhos

Folclore



Dobradura de Saci




Desenho das Parlendas




ursinhos

Aos Professores


Prece do Professor

Dai-me, Senhor, o dom de ensinar,
Dai-me esta graça que vem do amor.
Mas, antes do ensinar, Senhor,
Dai-me o dom de aprender.
Aprender a ensinar Aprender o amor de ensinar.
Que o meu ensinar seja simples, humano e alegre, como o amor.
De aprender sempre.
Que eu persevere mais no aprender do que no ensinar.
Que minha sabedoria ilumine e não apenas brilhe
Que o meu saber não domine ninguém, mas leve à verdade.
Que meus conhecimentos não produzam orgulho,
Mas cresçam e se abasteçam da humildade.
Que minhas palavras não firam e nem sejam dissimuladas,
Mas animem as faces de quem procura a luz.
Que a minha voz nunca assuste,
Mas seja a pregação da esperança.
Que eu aprenda que quem não me entende
Precisa ainda mais de mim,
E que nunca lhe destine a presunção de ser melhor.
Dai-me, Senhor, também a sabedoria do desaprender,
Para que eu possa trazer o novo, a esperança,
E não ser um perpetuador das desilusões.
Dai-me, Senhor, a sabedoria do aprender
Deixai-me ensinar para distribuir a sabedoria do amor.


ursinhos

Dia dos Pais


Confeccionei com os meus alunos um quadro para o Dia dos Pais.


Eles adoraram!!


Utilizamos prato descartável, cola colorida, letras de EVA, tesoura, pincel, e cola branca.


Trabalharam habilidades como recortar, pintar, colar e a escrita.


Foi muito legal a montagem do nosso quadro!


ursinhos